Página inicial

HOJE

Tenho morrido. Quando o coração lança uma dúvida, eu sinto que morro. Não há solução ou dias que ele se esqueça de duvidar do que está dentro. Há uma esperança de tentar e ver no horizonte, uma ou duas possibilidades para não sentir o que sente. E se chega ao topo da liberdade, e noContinuar lendo “HOJE”

ÓRBITA

As coisas em novembro andam em uma órbita na mente, na cabeça, nos pés. Em certos dias, as coisas caem, porquê a gravidade parece sumir. Essas quedas queimam dentro. Dizem que cair em si é a melhor queda. Mas, eu pergunto e quando a gente cai de si? Na órbita há referências. Há movimento. NãoContinuar lendo “ÓRBITA”

SOLIDÃO

[…] na solidão há um convite. Com ou sem dores para um lugar não habitado do lado de dentro.

Começo pelo fim para saber onde quero chegar.

Por Joyce S. Firme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora